terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Segregação: De excluídos a terroristas

Autora de, entre outros, A Escola de Frankfurt: Ontem e Hoje, Dialogando com Habermas, A Cidade dos Homens e Teorias da Cidade, Barbara Freitag em entrevista ao DW-WORLD, fala das feridas simbólicas, deixadas pelo 11 de Setembro.
Fala, ainda, das diversas formas de segregação que geram, violência no mundo contemporâneo e um terrorismo, de raízes económicas, disfarçado de fundamentalismo religioso.
Embora já com cerca de dois anos e meio (Setembro de 2006), deixamos aqui uma entrevista, que não só permanece actual, como nos deve continuar a fazer reflectir sobre alguns dos valores das sociedades ocidentais.

2 comentários:

sandra valeriote disse...

Paulo e Helena, andava a busca de inspiração para uma publicação e eis que encontrei aqui.
Está excelente a publicação!
Parabéns pela escolha ao destacar essa especialista - Bárbara Freitag.
Abraços com carinho,
Sandra

sociologiaparaprincipiantes disse...

Sandra, nós estamos aqui para isso mesmo. Disponha sempre. Abraço