terça-feira, 13 de janeiro de 2009

A arte de Damien Hirst



Damien Hirst, o polémico artista britânico, que gera paixões e ódios por chocar o mundo artístico, leiloou recentemente na Sotheby's, algumas das suas mais controversas obras.
Sendo a morte o tema central da sua obra, os vários animais embalsamados e "encaixilhados" em caixas de metal, vidro e mármore, proporcionaram-lhe a soma de 140 milhões de euros, soma jamais conseguida de uma só vez por um único artista.

2 comentários:

Lia disse...

Absurdo. Mas ele queria polêmica e nós caimos feito patinhos. Ele, sim, devia estar lá dentro embalsamado.
Desculpe o radicalismo da minha parte, mas é que dói ver um ser humano ser chamado de artista quando Arte é pura sensibilidade e uma pessoa que faz isso não parece ter nenhuma. Só quer fama, créditos, chocar.
Muito grandinho prá isso. Devia ter feito terapia quando adolescente...
Criatividade? Mengele, o médico nazista tinha até mais. Por isso era artista? Da morte, né?

Abraço.


PS> Desculpa , mais uma vez, mas mexe um "pouco", né?

sociologiaparaprincipiantes disse...

Cara amiga Lia, neste blog ninguém precisa de pedir desculpa pelo teor dos comentários. Somos um blog livre, multidiversificado e multicultural.
Pode "xingar" há vontade:)
Abraço e volte sempre.