segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

" Teus Olhos Negros, Tua Tez Morena "

Fascina-me a brancura da açucena
as flores alvas são as mais bonitas
mas me atraem com forças infinitas
teus olhos negros, tua tez morena.

Como as flores, também, casta e serena,
aos desejos de amar, por certo, incitas,
porém só vejo, em ânsias vãs, aflitas,
teus olhos negros, tua tez morena.

Arrastaria tudo, humildemente
(a alma, livre da angústia que a condena),
para ter-te afinal sempre presente,

e se adorar-te fosse a minha pena,
amaria em silêncio, eternamente,
teus olhos negros... tua tez morena.

( Poema de JG de Araujo Jorge extraído do livro
"Os Mais Belos Poemas Que O Amor Inspirou"
Vol. IV - 1ª edição 1965)

2 comentários:

Notas e Notícias disse...

Em primeiro lugar, obrigado pela visita. Assim, à nossa maneira vamos adquirindo novos conhecimentos através desta fantástica rede de comunicação e desbravando novos horizontes.

Dei uma vasculhada na bela página e me encantei com as fotos.

Parabéns!! com certeza gostaria de ter a honra de sua visita outra vez.

Ah, e não poderia deixar de desejar um FELIZ ANO NOVO

Abraço

Anónimo disse...

Um poema inspirador e uma morena maravilhosa.
Parabéns e bom 2009.

Pedro Girão