domingo, 23 de novembro de 2008

Crianças: O novo rosto da imigração ilegal na EU

Na sua maioria oriundas do continente africano, onde a população continua na busca incessante de saídas para a sua pobreza e miséria, uma nova onda migratória tem-se estabelecido entre África e a Europa: a das crianças refugiadas.
Segundo Mohammed Serifi Villar, funcionário da Unicef em Tânger, em entrevista ao Deutsche Welle, centenas de pequenos candidatos à emigração, sozinhos, sem medo da morte e com o sonho de uma vida melhor, aventuram-se semanalmente na travessia dos 14 kms que separam a África da Europa.
Sem estatísticas oficiais, as estimativas de ONGs apontam para que só em Espanha vivam cerca de 7 mil crianças refugiadas.

1 comentário:

Carlos Pinto Vinagre disse...

Uma tristeza do nosso tempo, era tragédia.